Livros e Resenhas

Filmes e Séries

Games

O Machismo Ainda Existe no Mundo Gamer?

by - março 25, 2017

Hoje irei falar sobre algo que acontece muito com várias meninas e mulheres: o machismo. Ele não está presente apenas nas ruas e nas casas, também está presente na internet. Muitas são as garotas vítimas de pessoas machistas, que estão por todo lugar, inclusive, nos jogos online.


Se você é uma garota, e gosta de viver nesse mundo virtual cheio de jogos maravilhosos, com certeza já deve ter ouvido algum comentário bem ignorante ao entrar em uma partida de jogo online, e se não ouviu, você tem muita sorte. Infelizmente, o machismo ainda está muito presente em diversos nichos que conhecemos, como os geeks, nerds, otakus e os gamers. (entre muitos outros).

Um belo exemplo desse "belo" estereótipo, aconteceu enquanto eu buscava imagens para esse post. Experimente pesquisar 'garotas gamers' no Google. Pode ter certeza, a maioria das imagens mostrarão meninas com apenas a roupa de baixo, totalmente sexualizadas. Enquanto com os garotos, isso não acontece. Isso é totalmente nojento! O que isso significa? Que garotas apenas podem jogar se estiverem seminuas?

Resultado de imagem para gif gamer girl
Fonte: Tumblr
Apesar de completamente horrível, esse não é o pior dos problemas. Em muitos jogos online, alguns que eu mesma jogo, garotas acabam por ter que escolher nicknames que não mostrem qual é o seu gênero, pelo simples fato de que serão atacadas por comentários totalmente machistas e ignorantes.

Achar que meninas não tem direito de jogar algo que gostam é um pensamento tão pobre, tão horrível, que nos faz pensar: Um ser humano desses realmente existe? Porque é algo tão absurdo, que qualquer um pode ficar impressionado com a capacidade que algumas tem de machucar, julgar e atacar com base em motivos banais e medíocres.

Resultado de imagem para gamers girls anime gif
Fonte: Tumblr
Sem falar os casos em que é comum alguns usarem a frase "haha, você joga feito uma garota", como eu disse no post da iniciativa Fight Like a Girl, Você não deve se envergonhar e achar ruim quando alguém te dizer isso, pois, apesar do sentido da frase ser de caráter ofensivo, a verdade por trás dela é clara: Não há nada demais em lutar como uma garota, isso é motivo de orgulho, e não de tristeza.

Temos que acabar com esse préconceito em relação as garotas gamers. Nós existimos, e não somos fracas. Pisca o olho e já teremos matado o boss (rsrs). Jogar não é apenas para garotos, jogar é para quem gosta de jogar. Finish. Game Over. 

Você também pode gostar:

8 Comentários

  1. Só jogo Pokémon, pelo que não tenho problemas desse género, mas o meu namorado joga Ragnarok e disse-me que muitos rapazes escolhem personagens femininas para que os outros jogadores se metam com eles e, assim, pedirem coisas (dinheiro emprestado, armas, blá blá). Sinceramente acho nojento não saberem comportar-se em lado nenhum, nem em ambiente virtual onde o objectivo deveria ser unicamente lúdico.

    ResponderExcluir
  2. Muito bem colocado, sempre gostei de jogos e quando jogo algum online, inevitavelmente acontece coisas como xingamentos, desprezo, mensagens sexuais e etc. Isso acaba me fazendo jogar só com quem conheço, sozinha ou jogos que não sejam onlines.

    ResponderExcluir
  3. Que maravilha esse post.
    Sucinto e fala o que precisa ser dito.
    Simplesmente sensacional!

    ResponderExcluir
  4. Ótimo post! Explicou mt bem a realidade do machismo. Nao sou gamer mas desde pequenas sofremos c coisas tipo "ela nao pode jogar, é menina", entao imagino que num jogo mesmo seja terrivel. Força e fight like a girl!

    ResponderExcluir

Siga me no Instagram!