Eu era a Canção, Mas você não era a Melodia

Quando você se aproximou, eu soube. Não era para ser você. Enquanto meu coração palpitava freneticamente, em busca do seu cheiro doce e extasiante, o seu coração se mantinha sereno, como a pétala de uma flor.

Enquanto tudo dentro de mim dançava a mais bela valsa, em você apenas havia um singelo caminhar. Não era amor, pelo menos, não para você. Seus olhos eram gélidos, enquanto os meus eram calor. Você era uma noite obscura, eu era o Sol que iluminava os dias mais estreitos.

Eu era a canção, mas você não era a melodia. Você não me completava, não era meu elo, meu pilar, meu alicerce. E foi dessa forma, que o seu impiedoso frio atingiu meu coração. As cores se desfizeram, a música parou, a valsa, se mostrou inexistente.

O que você fez? Você congelou tudo. E o que eu fiz para impedir? Nada. Apenas assisti tudo se destruir dentro de mim, enquanto cada borboleta caía, e cada flor apodrecia.

Tudo voltará a florescer, um dia, talvez. E tudo irá se desfazer no mesmo ciclo vicioso. Até o dia em que minha canção finalmente irá ter sua melodia.

Mas isso não irá acontecer tão cedo.

Fonte da imagem: Tumblr

Eu era a Canção, Mas você não era a Melodia Eu era a Canção, Mas você não era a Melodia Reviewed by Ana Catarine Mendes on segunda-feira, setembro 25, 2017 Rating: 5

14 comentários:

  1. Acabei de ter uma ótima leitura que acabou de me despertar muitos sentimentos!! Sinceramente, estou gostando muito do seu blog, todo o tema que você aborda nele é simplesmente sensacional... um dia o meu será assim :)
    By: caio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que esteja gostando do conteúdo, é muito gratificante receber um feedback tão bom!

      Excluir
  2. Oi Ana Catarine,
    Quanta sensibilidade, hein? rs Parabéns, seu texto é lindo, gostaria de saber escrever assim! Continua! :)

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo!
    Cada palavra foi tão linda, tão bem escolhida...

    ResponderExcluir
  4. Que post mais lindo, adorei a composição com a foto e a temática tão bonita, de vez em quando me pego pensando e sentindo o mesmo e você conseguiu colocar isso em palavras de uma forma bela.

    xoxo

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Amei o texto e me identifiquei <3 infelizmente nós somos muita coisa as vezes e a pessoa não doa tudo de si, e quem sai mais machucado é quem se doou inteiro. Um dia passa, é o que consola.

    Cupcakeland

    ResponderExcluir
  6. Olá flor, tudo bem?
    Que texto lindo, apesar de não ter um belo fim. Mas a vida é assim né? Devemos seguir em frente e, quando menos se espera, aquela tal pessoa aparece e coisas boas acontecem. Continue escrevendo e darei uma olhadinha nos outros textos também.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comentário mais lindo, não sabe o quanto me deixou feliz <3

      Excluir
  7. Tudo é evolução. Parabéns pelo belo texto. Sentimentos colocados em cada palavra, dando a noção de tratar-se de uma alma perceptiva, palpitante de energias lindas. Beijo.

    ResponderExcluir