Livros e Resenhas

Filmes e Séries

Games

Resenha | Luz da Lua [Diego Medeiros]

by - fevereiro 25, 2018

Hoje venho até vocês para falar sobre um livro incrível que recebi em parceria com o autor. A obra em questão é Luz da Lua, do autor Diego Medeiros, que foi publicada pela Editora Pendragon (Minha editora favorita da vida ♥).


Ficha Técnica:

Livro: Luz da Lua
Autor: Diego Medeiros
Editora: Pendragon
Páginas: 308

Sinopse: Em dezembro de 2012, como os maias previram, uma série de catástrofes naturais quase acabaram com a humanidade. A reconstrução da civilização trouxe enormes mudanças, e em 2048, o mundo está completamente diferente. É nessa nova realidade que vive Milena, uma jovem que tem sua vida alterada drasticamente quando um ataque de monstros ceifa a vida de seus amigos e família, ao mesmo tempo em que ela descobre ser também um monstro com poderes que nunca havia imaginado. Em sua jornada por vingança e pela verdade, ela terá o auxilio de jovens feras assim como ela, uma instrutora linha dura que conhece sua mãe desaparecida, uma mulher com uma condição única e um caçador imortal.


Luz da Lua conta a história de Milena, uma adolescente normal que leva uma vida comum, até o dia da sua festa de formatura, onde um ataque de vampiros ocorre, matando todos seus entes queridos. Porém, em um extinto de sobrevivência, a jovem acaba por despertar poderes que estavam adormecidos até então dentro de si, o que a faz ser salva do massacre que também levaria sua vida.

Depois disso, Milena tem que encarar sua nova realidade: ela é uma lobisomem. E por isso, começa a ser treinada no mesmo lugar que um dia sua mãe viveu, para assim, controlar seus poderes. Porém, o mundo corre perigo, assim como a própria jovem, que acabará descobrindo da pior forma que seus problemas estão apenas começando.

Fonte: Arquivo pessoal
Quando recebi esse livro, eu esperava encontrar uma história apenas de lobisomens, então, imaginem a minha surpresa ao encontrar uma trama cheia dos mais diversos seres, como vampiros, magos e muitos outros.

O que mais me impressionou durante a leitura é como a obra possui um roteiro. Tudo acontece com um propósito e a história possui uma linha de raciocínio incrível, não se perdendo em acontecimentos sem sentido, e sim, mostrando ao leitor uma trama sensacional envolvendo o passado, o presente e o futuro.

"Tudo ficou vermelho, a adrenalina foi ao auge, sentiu seu corpo rasgar. O ódio e a selvageria tomaram conta de cada célula de seu corpo, e ela não viu mais nada."

A quantidade de personagens apresentados durante o livro é imensa, porém, não deixa o leitor confuso, o que muitas vezes acontece em casos assim. O autor soube trabalhar isso muito bem, mantendo um equilíbrio narrativo em todos os capítulos.

Fonte: Arquivo pessoal
Outro ponto que gostei muito foi o aprofundamento de cada personagem. Eu não consegui enxergar um vilão e um herói na trama, mas sim, pessoas que possuem seus próprios ideais e objetivos. Todos tem um lado bom e um lado ruim, assim como na nossa realidade.

"Do alto do prédio onde ficava seu modesto apartamento, Capitu observava a cidade de São Paulo com felicidade. A brisa tocava sua pele com delicadeza, e o arrepio que o frio causava era uma das sensações mais agradáveis que podia sentir."

Apesar do livro ser uma ficção fantástica, ele tem diversos elementos reais, o que mostra a grande pesquisa realizada pelo autor. Muitos lugares são apresentados durante a leitura, cada qual com suas próprias características e cultura. Dou destaque, inclusive, ao fato de, apesar da narrativa feita em vários locais do mundo, boa parte foi feita aqui no Brasil, o que faz com que a leitura seja ainda mais legal, pois não poderíamos estar mais representados.

Fonte: Arquivo pessoal
Nem preciso dizer que a Editora Pendragon arrasou novamente com a diagramação e a capa do livro, não é mesmo? A edição está espetacular, fazendo com que seja ainda mais prazeroso ler essa história.

Luz da Lua é o primeiro livro de uma saga, muito bem escrita, por sinal. Eu amei a leitura do começo ao fim, me senti até mesmo nostálgica em certos pontos, devido as referências feitas a Drácula, um dos meus livros favoritos de vampiro, que li quando tinha 11 anos.

Eu super recomendo essa obra, que com certeza irá te conquistar também, principalmente se você for fã de os Instrumentos Mortais e de outros livros com essa temática. Vale muito a pena!

Minha Nota: ★★★★★

Você também pode gostar:

2 Comentários

Siga me no Instagram!